As cabras mais "maternas"


Pesquisadores brasileiros estão modificando o leite de cabra para que seja mais “humano”. Assim, aquelas crianças que têm alergia ao leite materno poderão se alimentar do leite caprino - que com as modificações genéticas realizadas pelos cientistas brasileiros - terá as proteínas necessárias para uma alimentação saudável.

Os pesquisadores da Universidade de Fortaleza já conseguiram criar as cabras geneticamente modificadas que produzirão o leite bem parecido com o leite materno.

A principal mudança que faz toda diferença é a adição de duas proteínas presentes na amamentação natural (lisozima e lactoferrina) que funcionam na proteção da criança principalmente contra doenças que atacavam o intestino.

Por que cabras e não vacas? Segundo os pesquisadores, o leite caprino tem menos compostos alérgicos.

E aí, o que achou da criação dos pesquisadores brasileiros? Comente e compartilhe!




Olá, meu nome é Joel de Sá.
Caso a informação que você acabou de ler foi útil para você, peço gentilmente que se inscreva no meu Canal no Youtube.
Desde já, agradeço.





Nenhum comentário