Como saber se estou perdendo Líquido Amniótico?


Com a gravidez não se brinca, nem se descuida. Por isso, qualquer coisa que saia do comum vale a atenção do médico que acompanha a gestante. 
E a perda de líquido, que é conhecida como Oligoidramnio, precisa ser acompanhada de perto, pois, como vou mostrar nesse post, o líquido amniótico é muito importante para o bom desenvolvimento e saúde do bebê e, qualquer mudança na quantidade de líquido deve ser examinada pelo médico. 

Segundo o site "Guia do Bebê"...
A perda do líquido amniótico é chamada de Oligoidrâmnio e não é tão rara. Cerca de 8% das grávidas têm oligoidrâmnio em algum ponto da gestação.



Para que serve o Líquido Amniótico? 


O líquido amniótico exerce diversas funções. Vamos ver algumas delas:


✔ PROTEÇÃO DO BEBÊ: envolve o bebê, protegendo-o de choques acidentais na barriga da grávida e também de movimentos mais brutos durante o sono ou dia-a-dia da futura mamãe.


✔ PROTEGE O CORDÃO UMBILICAL: faz com que ele não seja comprimido fazendo com que o bebê receba dele os nutrientes necessários.


✔ MANTÉM A TEMPERATURA: dentro do útero o bebê precisa de uma temperatura estável e o líquido amniótico serve para manter a temperatura ideal.


✔ FORMAÇÃO DE SISTEMAS: principalmente dos sistemas digestivo e respiratório.



Qual a quantidade ideal de Líquido Amniótico? 

Vamos recorrer uma vez mais ao "Guia do Bebê":
No decorrer da gravidez, a quantidade de líquido amniótico aumenta. Por volta de 34 a 36 semanas, é provável que uma gestante tenha de 800 ml a 1 litro de líquido dentro do útero. A partir daí, a quantidade de líquido começa a diminuir aos poucos, até o bebê nascer.


Como saber se estou perdendo Líquido Amniótico?

O líquido amniótico é perdido pela vagina e pode ser reconhecido pelo cheiro, parecido com cheiro de cloro. Outra coisa: as mães precisam estar atenta, pois se acriança não se mexe com frequência, o especialista deve ser consultado. 


Qual exame detecta perda de Líquido Amniótico? 

O médico pode detectar a quantidade de líquido amniótico através da ultrassonografia e assim fazer cálculos para ver se a quantidade de líquido está dentro da quantidade certa com relação ao tempo de gravidez. 


Fonte: Com informações do Guia do Bebê.



Olá, meu nome é Joel de Sá.
Caso a informação que você acabou de ler foi útil para você, peço gentilmente que se inscreva no meu Canal no Youtube.
Desde já, agradeço.





Nenhum comentário