11 de setembro de 2012

Altitude, hemácias e atletas. Qual a relação?

Nós sabemos que o aumento dos glóbulos vermelhos, ou seja, uma eritrocitose, ocorre também mediante a adaptação fisiológica do corpo em ... thumbnail 1 summary

Nós sabemos que o aumento dos glóbulos vermelhos, ou seja, uma eritrocitose, ocorre também mediante a adaptação fisiológica do corpo em locais de altitude elevada.

Nesses locais, a concentração de oxigênio é menor e isso estimula a produção de eritropoietina.  

A eritropoietina ou EPO é um hormônio glicoprotéico produzido nos seres humanos e nos animais pelos rins e fígado (em menor quantidade) que tem como função principal regular a eritropoiese. Esse tem como alvo a medula óssea. 10% da eritropoietina é secretada pelo fígado e 90% pelos rins.

É por isso que muitos atletas treinam em locais de altitude elevada para aumentar a Eritropoietina que acelerará a produção de hemácias e assim melhorará sua prática no esporte devido sua melhor resistência.

O interessante é que o gene que codifica a eritropoietina foi clonado em 1985 e hoje e produzido de forma artificial e claro, bastante utilizado pelos atletas. Ela não substitui o trabalho da medula óssea, mas ajuda muito em alguns casos de doenças quando há a necessidade de acelerar a produção dos glóbulos vermelhos.

Se este blog foi útil para você, peço que se inscreva no meu canal no Youtube.



INSCREVA-SE!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário